quarta-feira, 8 de agosto de 2012

DDS 06 - A importância da FISPQ na Segurança do Trabalho Rural



Tratada como documento de grande importância em muitos países, as Fichas de Informação de Segurança de Produto Químico (FISPQ), ainda são pouco utilizadas no Brasil, quando da aplicação de defensivos agrícolas.
Através das FISPQ's, serão definidos os controles apropriados para promover a segurança ao ambiente de trabalho, como os equipamentos de proteção individuais (EPI's) a ser usado pelos colaboradores, indicar os primeiros socorros envolvendo o produto químico, estabelecer os procedimentos a serem adotados se ocorrer derramamento acidental, incêndio e outros acidentes, e ainda outras informações valiosas para prevenção de acidentes.

Devem constar obrigatoriamente em uma FISPQ:

1.     Identificação do produto e da empresa;
2.     Composição e informações sobre os ingredientes;
3.     Identificação dos perigos;
4.     Medidas de primeiros-socorros;
5.     Medidas de combate a incêndio;
6.     Medidas de controle para derramamento ou vazamento;
7.     Manuseio e armazenamento;
8.     Controle de exposição e proteção individual;
9.     Propriedades físico-químicas;
10. Estabilidade e reatividade;
11. Informações toxicológicas;
12. Informações ecológicas;
13. Considerações sobre tratamento e disposição;
14. Informações sobre transporte;
15. Regulamentações;
16. Outras informações.

Todos os colaboradores que manipulam agrotóxicos ou quaisquer outros produtos químicos devem receber treinamento de forma a agir conforme prescrito na FISPQ do produto a ser utilizado.

Deve sempre ser treinado e acompanhado quanto ao uso do EPI específico, modo de transporte, manuseio e armazenamento seguro do produto.
É de extrema importância saber qual o EPI correto para manipulação de cada agrotóxico, uma vez que a química do produto pode ser absorvidas de maneiras diferentes pelo organismo, como por inalação (quando o produto químico entra pelas vias aéreas até o pulmão do trabalhador), por ingestão (quando o trabalhador ingeri o produto químico) ou por absorção (produtos químicos lipossolúveis, podem ser absorvidos pela pele) e podem causar diferentes reações fisiológicas.Salientando que, conforme a Norma Regulamentadora 31, trabalhadores menores de 18 anos, maiores de 60 anos e gestantes, é vedada a manipulação de quaisquer agrotóxicos ou produtos semelhantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário